♥ ♥ É NATAL!! TODO SITE COM 20% DE DESCONTO ♥ ♥

Calendário Feminista "Lute Todos os Dias" - 2018
Calendário Feminista "Lute Todos os Dias" - 2018
Calendário Feminista "Lute Todos os Dias" - 2018
Calendário Feminista "Lute Todos os Dias" - 2018
Calendário Feminista "Lute Todos os Dias" - 2018
Calendário Feminista "Lute Todos os Dias" - 2018
Calendário Feminista "Lute Todos os Dias" - 2018
Calendário Feminista "Lute Todos os Dias" - 2018
Calendário Feminista "Lute Todos os Dias" - 2018

Calendário Feminista "Lute Todos os Dias" - 2018

Preço R$ 55,00 R$ 44,00 PROMO TEMPORÁRIA!

LUTE TODOS OS DIAS:

O calendário ilustrado feminista "Lute Todos os Dias" terá sua segunda edição em 2018. A iniciativa e projeto iniciou em 2016 com o calendário de 2017, criado pela designer Cristina Pagnoncelli e tem como objetivo dar voz e apoio à expressão de mais mulheres, além de incentivar e dar visibilidade ao trabalho das artistas selecionadas para cada edição.

SOBRE O LUCRO DO CALENDÁRIO:

Todo o lucro das vendas será doado: 50% para o coletivo feminista de intervenção urbana "Deixa Ela em Paz" e, a outra metade, para o grupo curitibano "Fabulosas" de apoio à mulher para financiar ações educativas e intervenções que fortaleçam e incentivem mais respeito e igualdade de gêneros. São 12 ilustrações acompanhadas por frases para 2018.

DESCRIÇÃO:

Calendário produzido em papel offset 180g com picote para destacar a arte ilustrada de cada mês e decorar sua casa ou estúdio/escritório.
Tamanho total do calendário: 20 x 30cm
Tamanho da arte ilustrada "destacável": 20 x 20cm

12 meses = 12 ilustrações com mensagens
Janeiro: “Que nada nos defina. Que nada nos sujeite” – Cyla Costa.
Fevereiro: “Mulher consciente. Luta permanente” – Camila Rosa.
Março: “No meu corpo mando EU.” – Cristina Pagnoncelli.
Abril: “O futuro é nosso" – Lady Guedes
Maio: "Meu corpo não é obsceno" – Priscila Barbosa
Junho: "Diante de toda essa escuridão sinto que juntas enxergaremos mais longe" – G.L. (Giovanna Lima)
Julho: "Que a liberdade seja nossa própria essência" – Cyla Costa
Agosto: "Sem medo de ser mulher" – Camila Rosa
Setembro: "Mulheres juntas resistem" – Cristina Pagnoncelli
Outubro: "Tamu juntas" – Lady Guedes
Novembro: "Tentaram nos enterrar. Não sabiam que éramos sementes" – Priscila Barbosa
Dezembro: "Duas irmãs se reconhecem pelo amor pela coragem, pela luta" – G.L. (Giovanna Lima)